Esse assunto é um daqueles que pode até parecer bobagem, mas não é, não!

Para se tirar o melhor proveito e se extrair todos os aromas e sabores dos vinhos, eles têm de ser servidos na temperatura certa, e que depende especificamente do tipo de vinho.

De modo geral, quanto mais alta a temperatura do vinho, quanto mais quente, mais perceptíveis serão os aromas de frutas, os sabores, o açúcar e o álcool, que volatiza e predomina sobre os demais elementos do vinho.

E quanto mais baixa a temperatura do vinho, menos perceptíveis serão os aromas, sabores, o açúcar e o álcool (o vinho “queima” e fica insosso, como costumamos dizer). Em compensação, o vinho ganha textura, e a acidez e o amargor dos taninos que causam sensação de adstringência são potencializados.

Temperatura de serviço
Estilo do Vinho
Exemplos de vinhos
Mais resfriado
6°C a 8° C
Vinhos doces e fortificados
Sauternes, Porto
6°C a 10° C
Vinhos espumantes
Champagne, Proseco, Cava, Franciacorta
Resfriado
7°C a 10° C
Vinhos brancos sem madeira, de corpo leve a corpo médio
Sauvignon Blanc, Muscadet, Pinot Grigio, Xerez fino
Menos resfriado
10°C a 13° C
Vinho branco com madeira de corpo médio a muito corpo
Borgonha Branco, Fumé Blanc californiano
13° C
Vinhos tintos de corpo leve
Beaujolais, Valpolicella
Temperatura ambiente (UE)
15° C a 18° C
Vinhos tintos de corpo médio a muito corpo
Bordeaux tinto, Borgonha Tinto, Rioja, Shiraz australiano,  Châteauneaf-du-Pape; Barolo, Amarone de Valpolicella

Quer algo ainda mais específico e elaborado?

Então utilize as informações deste guia que eu preparei, com a temperatura ideal de acordo com o tipo de vinho ou de uva:

TINTOS
Beaujolais
12°C
Bordeaux
17°C
Borgonha
16°C
Cabernet Franc
17°C
Cabernet Sauvignon
18ºC
Chateauneuf du Pape
17°C
Chianti
14°C
Malbec
17°C
Merlot
17°C
Pinot Noir
15°C
Rhône
17°C
Rioja
12°C
Sangiovese
15°C
Shiraz ou Syrah
18°C
Valpolicella
14°C
Zinfandel
15°C
BRANCOS
Bordeaux
6°C
Chablis
8°C
Chardonnay
9°C
Chenin Blanc
8°C
Ice Wine
6°C
Pinot Grigio
9°C
Polyfuisse
8°C
Sauterne
10°C
Riesling
8°C
Sauvignon Blanc
7°C
Soave
5°C
Semillon
9°C
Vinho Verde
6°C
Zinfandel
7°C
Espumantes
Asti
6°C
Cava
7°C
Champagne
7°C
Prosecco
7°C
Sparkling Vinho Verde
7°C

Atualmente o mercado de vinhos disponibiliza vários acessórios que ajudam a atingir e a manter a temperatura de serviço ideal do vinho, indo desde termômetros para garrafa a Coolers digitais que resfriam o vinho em algumas dezenas de minutos e o mantém na mesma temperatura até o final.

      
Cooler Digital da Cuisinart

Se você não quer (e você não precisa) investir em um Cooler, basta saber então que uma garrafa de vinho imersa em um balde (ou uma Champanheira) com água e gelo irá resfriar aproximadamente 5°C a cada 8min a 10min, a depender da temperatura externa ambiente.

E se colocada no refrigerador, a mesma garrafa de vinho resfriará aproximadamente 5°C a cada 01:00 (uma hora) a 01:30 (uma hora e meia). 

Isso mesmo! A garrafa de vinho resfria 8x (oito vezes) mais rápido na Champanheira com água e gelo do que no refrigerador!

Fazendo as contas:

Para que uma garrafa de vinho da Borgonha a 26°C (temperatura ambiente) possa chegar a 16°C (temperatura ideal de serviço), serão necessários cerca de 16min a 20min de imersão da garrafa em um balde com água e gelo, ou cerca de 02:00 (duas horas) a 03:00 (três horas) no refrigerador.

E não se deixe enganar, pois o resfriamento do vinho em um balde com água e gelo também é mais rápido do que no congelador ou freezer.

E é isso, pessoal!

Agora é só ler o rótulo para identificar o tipo de vinho ou de uva, ver a temperatura ideal de serviço, resfriar o vinho, servir e aproveitar o melhor que essa bebida tem a oferecer, esteja sozinho ou acompanhado, rodeado de colegas e amigos ou não…

Espero que tenham gostado de ler tanto quanto eu gostei de escrever 🙂

E se gostaram compartilhem! Ajudem a divulgar a “cultura do vinho”!

Anúncios