Noite agradabilíssima de degustação de vinhos produzidos com a versátil uva Ibérica Tempranillo, a casta mais expressiva da Espanha.

Degustação conduzida pelo Sommélier Gustavo Andrade de Paulo, com comentários e informações pra lá de pertinentes de Arthur Azevedo e José Luiz Alvim Borges

Foram degustados 03 vinhos espanhóis, sendo um deles do produtor “La Rioja Alta”, o mais importante e significativo produtor da Rioja; 01 argentino e 01 português surpreendente do produtor “Cortes de Cima”, do Alentejo.

Vamos aos rótulos, em sentido horário:

Da Espanha, Produtor Telmo Rodrigues, vinho Viña 105 Cigales safra 2011. Vinho frutado, leve, muito interessante e fácil de beber. Preço no Brasil: R$ 130,00, importado pela Mistral. Minha avaliação: muito bom, agradou.

Da Argentina, Produtor Finca Las Moras, vinho Finca Las Moras Reserva Tempranillo safra 2013. Preço no Brasil: R$ 67,00, importado pela Decanter. Minha avaliação: Vinho com muita madeira,  taninos duros, amargou no final.

Da Espanha, Produtor San Pedro Regalado, vinho Embocadero Tempranillho safra 2012. Preço no Brasil: R$ 83,00, imortado pela Grand Cru. Boa relação custo x benefício. Minha avaliação: Vinho bom, agradou.

Da Espanha, Produtor La Rioja Alta, vinho Viña Alberdi Reserva safra 2008. Preço no Brasil: R$ 272,00, importando pela Zahil. Aromas bastante complexos, com mais de 4 níveis. Persistência eterna.  Minha Avaliação: Vinho excelente! O melhor vinho da noite na opinião da maioria dos pressentes.

De Portugal, Produtor Cortes de Cima, vinho Cortes de Cima Aragonez safra 2012. Preço no Brasil: R$ 381,00, importando pela Adega Alentejana. Aromas bastante complexos,  taninos macios, persistência longa.  Minha Avaliação: Vinho excelente! O melhor da noite na minha opinião (perdeu por poucos votos!).

Anúncios