Dos vinhos produzidos na França o VIN DE TABLE, atualmente designado VIN DE FRANCE, ou simplesmente SEM IG (sem indicação geográfica), é de todos o mais simples, representa cerca de 22% de toda a produção de vinhos no país, e não há regras para a sua produção.

vin-de-table-pyramid-of-quality

Pode ser produzido com qualquer tipo de uva vinífera, cultivadas em qualquer região, com utilização da quaisquer meios de produção.A única exigência é que no rótulo frontal das garrafas desse tipo de vinho, não pode haver menção nem do tipo (cepa, casta) da uva, nem da safra, e nem da região em que foi produzido, pois isso afronta as regras e regulamentos de appellation  contrôlée.São os vinhos mais baratos consumidos no dia a dia, para serem tomados despretensiosamente com as refeições, e são facilmente encontrados na maioria dos estabelecimentos comerciais e restaurantes da França.

Contudo, vale anotar que atendendo a uma tendência (e um apelo) mundial para uniformização das nomenclaturas dos vinhos Europeus, o sistema de classificação dos vinhos franceses está em transição desde o ano de 2012, e atualmente os vinhos estão sendo classificados do mais simples para o de melhor qualidade em VIN DE FRANCE (em substituição ao que antes atendia pela denominação de Vin de Table), INDICATION GÉOGRAPHIQUE PROTÉGÉE (IGP), e a mais alta classificação e que designa os vinhos de melhor qualidade, APELATTION D’ORIGINE PROTÉGÉE (AOP).Para saber mais sobre o complexo sistema de classificação dos vinhos franceses leia o artigo completo em Entendendo o sistema de classificação dos vinhos franceses.
.

Anúncios