Recentemente eu tive a oportunidade de degustar dois vinhos da vinícola Pizatto nas aulas do curso WSET 2, produtor que até eu então eu não conhecia, e foi uma grata surpresa.

No curso provei o Pizatto Chardonnay 2014 e o Espumante Pizatto Brut Rosé, e gostei bastante.

A vinícola Pizzato está localizada no Município de Santa Lucia, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves – RS.

Do ano de 2006 a 2008 os seus vinhos ostentaram a Indicação Geográfica IPVV (Indicação de Procedência Vale dos Vinhedos), e desde 2009 até o momento passaram a ostentar a Indicação Geográfica DOVV (Denominação de Origem Vale dos Vinhedos).

Interessei-me pela vinícola, claro, e comprei todos os rótulos disponíveis em uma adega próximo à minha casa:

A linha de vinhos é bem maior, mas esses foram os rótulos que eu tinha em casa.

Para encurtar, neste post falarei apenas dos vinhos espumantes tradicionais, e deixarei para falar dos vinhos tranquilos em outro artigo.Vamos ao rótulos de Espumantes:

VINHO ESPUMANTE BRUT BRANCO TRADICIONAL

O primeiro a ser degustado e que se tornou o mais “popular” aqui em casa foi o Espumante Pizatto Brut, simplesmente delicioso, e que na minha opinião agrada mais do que muitos espumantes Cavas e Prossecos que encontramos à venda por aqui.

Delicioso!Já degustei várias vezes, e até já dei de presente!Rótulo pontuado e premiado, recebeu 90 pontos do Guia Adega dos Vinhos Brasileiros 2013/2014; 90 pontos no Especial DOVV da Revista Adega, apontado com o melhor espumante DOVV; e foi Medalha de Ouro no Concurso Internacional de Vinhos do Brasil (CIVB, OIV).Vinificado a partir do método tradicional (com segunda fermentação em garrafa), o mesmo método utilizado para a produção de Champagnes (método champenoise), permaneceu por pelos menos 10 meses em contato com as suas borras (sur lies) para adquirir mais sabor e estrutura, e mais 2 meses descansando em garrafa após o degorgement. De coloração amarelo claro com reflexos esverdeados, farta perlage fina, aromas de frutas vermelhas frescas, frutas cristalizadas e leve aroma de pão. Bom equilíbrio entre acidez e álcool, de corpo médio, refrescante e cremoso.Nada mal!!!

VINHO ESPUMANTE BRUT ROSÉ TRADICIONAL

Provei de novo o Espumante Rosé Brut que eu havia degustado no curso, e confirmei a impressão que havia tido em sala de aula: apesar de os espumantes rosés não estarem entre os meus preferidos, achei este vinho bastante aromático, refrescante e agradável.

Delicioso! Rótulo pontuado e premiado, foi Medalha de Ouro no Concurso do Espumante Brasileiro em 2013; 89 pontos da Revista Adega; e obteve 88-89 pontos em várias outras avaliações especializadas.

Vinificado a partir do método tradicional (com segunda fermentação em garrafa), permaneceu por pelos menos 9 meses em contato com as suas borras (sur lies) para adquirir mais sabor e estrutura, e pelo menos mais 1 mês descansando em garrafa após o degorgement. De coloração rosa clara, perlage fina, aromas de frutas cítricas, flores brancas  e leve aroma de pão. Bom equilíbrio entre acidez e álcool, de corpo médio, refrescante e cremoso.E apesar de não serem um dos rótulos mais baratos, a boa qualidade desses espumantes definitivamente justifica e faz valer o preço:

Pizzattos preços.jpg

Então, fico atento na próxima vez que for ao supermercado ou a uma loja de vinhos, e na próxima vez que for comemorar algo especial, permita-se provar um dos espumantes Pizzato!

E, pessoal, falo bem desses rótulos porque realmente gostei. Paguei pelos meus vinhos, não ganhei para fazer divulgação nem promoção, e os meus comentários são absolutamente sinceros e isentos.

Anúncios