Fiano de Avelino II.jpg

“Fiano di Avellino” é um tipo de vinho branco DOCG produzido na província de Avellino, na Região de Campania, na Itália, feito predominantemente com a uva Fiano, na proporção de no mínimo 85% podendo chegar a 100%. Pode levar também, mas em menores proporções, a uva Greco (de 0% a 15%), a uva Coda di Volpe (de 0% a 15%) ou a uva Trebbiano Toscano (também na proporção de 0% a 15%).

A área de produção do DOCG abrange 27.600 ha, está incluída em parte no parque regional do Partenio e é constituída pela planície de Serino e uma altitude montanhosa prolongado de entre 300 e 600 m acima do nível do mar, limitada a oeste pela cadeia montanhosa de matricária, a leste pela Terminio-Tuoro Grupo.

A indicação da denominação de origem controlada e garantida “Fiano di Avellino” pode ser acompanhada do termo tradicional de origem clássica Apianum.

Com regras rígidas de produção, para as novas plantações e replantações, a densidade não pode ser inferior a 2500 plantas por hectare, excluindo-se todas as vinhas do vale úmido e não ensolarado. As únicas vinhas permitidas são as verticais; é proibida a prática de forçar; e todas as operações de vinificação deve ser realizada na província de Avellino.

As características organolépticas básicas desse tipo de vinho são:

Cor: amarelo palha intenso ou de média intensidade;
Aroma: elegante, intenso, característico;
Sabor: fresco, harmonioso e rico em aromas de frutas secas;
Acidez total: 5,0 g por litro.

Harmoniza bem com pratos de massas à base de peixe, marisco, camarão, polvo, peixe assado, queijo fresco e carne branca.

Adquirido na Mistral, por R$ 168,00.

Vinho super interessante, com baixa acidez, aromas e sabores acentuados e encorpado, é diferente de todos os brancos que eu já havia provado.

 

Anúncios