Atualmente a uva Merlot é variedade de uva tinta mais plantada na França.

Isso mesmo!!!

Esqueça a mundialmente conhecida Cabernet Sauvignon de Bordeaux e a caríssima Pinot Noir de Borgonha. Se o assunto for a França, a variedade de uva mais plantada naquele país é a Merlot!!!

E no mundo todo são cerca de 600.000 acres de área cultivada, dos quais:

  • cerca de 280.000 acres estão na França, nas regiões de Bordeaux e Languedoc-Roussillon (atualmente chamada de Pays D’Oc);
  • cerca de 93.000 acres estão na Itália, na regiões de Toscana e Campania;
  • cerca de 55.000 acres se encontram nos Estados Unidos, nas regiões de Califórnia e Washington;
  • aproximadamente 39.000 acres estão na Austrália, na região Sul;
  • perto de 25.000 acres estão no Chile; e
  • 13.000 acres na Argentina.

Originária da região de Bordeaux, é utilizada em cortes com as uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Petit Verdot, em diferentes proporções (o chamado “corte bordalês”) para produzir os famosos tintos de Bordeaux, e que são considerados um dos melhores (e mais cobiçados) vinhos do mundo.

E sozinha, aparece no ainda mais caro, mais cobiçado, precioso e icônico vinho Petrus, do Château Petrus:

Possui cachos médios, bagos pequenos e escuros, de maturação temprana em relação à uva Cabernet Sauvignon, e dá origem a vinhos com médio corpo, taninos médios,  e com níveis igualmente médios de acidez e de álcool.

O infográfico abaixo dá o “uadro geral” ou “raio-X” da Merlot:

merlot-pinterest

Frutado, com taninos fáceis e um acabamento suave, o vinho feito com predominância dessa uva muda muito de acordo com o processo de vinificação utilizado e principalmente em razão da região de cultivo.

Se cultivada em clima frio (França, Itália) e de altitude (Chile), o vinho produzido com a uva Merlot é mais estruturado, com uma presença maior de taninos e sabores terrosos como o tabaco e alcatrão, e chega até a ser confundidos com Cabernet Sauvignon. Vejam os aromas do vinho Merlot da Chilena Concha Y Toro:

E cultivada em clima quente, apresenta aromas de frutas passadas, e os taninos são menos prevalentes. E neste caso é comum os produtores usarem tratamento em carvalho de até 24 meses para dar ao mais estrutura ao seu vinho. Vejam os aromas esperados em um vinho produzido com a uva Merlot cultivada em climas quentes

Enfim e para simplificar, a ilustração abaixo demonstra as características típicas do vinho produzido com a uva Merlot: nível de doçura médio a baixo, acidez média, corpo médio a alto e taninos médios. E mostra os aromas típicos mais comuns: cereja, amora, chocolate amargo, ameixa e morango.

É uma uva neutra e equilibrada, e por isso produz vinhos bastante “redondos”.

Veja o posicionamento da Merlot exatamente no meio do espectro, se comparada ao corpo e à cor dos outros vinhos:

Exatamente por ser tão equilibrado, o vinho feito da uva Merlot harmoniza muito bem com uma ampla gama de alimentos e pratos, dentro os quais massas, frango e carnes vermelhas levemente temperadas.

Em contrapartida, não harmoniza com peixe ou vegetais de folhas verdes, e comida picante provavelmente irá sobrecarregar os sabores e nuances da Merlot.

Anúncios