Dando continuidade à série sobre o mundo do vinho em números, falemos agora dos países que são os maiores consumidores.

Vocês sabem quais são? Vamos aos gráficos e números:Dados em estimativa bastante recentes, com projeção para o ano de 2018, apontam os Estados Unidos da América como o maior país consumidor de vinho em volume (e não em valor econômico) em escala mundial, respondendo pelo consumo de 339.6 milhões de 9L em 2014 e por 377.9 milhões de 9L em 2018; seguida pela França que responde pelo consumo de 296.4 milhões de 9L em 2014 e de 288.2 milhões de 9L; pela Itália com consumo de 288.4 milhões de 9L em 2014 e 273.6 milhões de 9L em 2018; e pela Alemanha com consumo de 274.8 milhões de 9L em 2014 e de 277.9 milhões de 9L em 2018.

A China, incluindo Hong Kong, desponta na quinta posição, respondendo pelo consumo de 144.8  milhões de 9L em 2014 e de 180.7 milhões de 9L  em 2018, apresentando considerável crescimento de 69,3% em relação ao período de 2009 a 2013, e de 24,8% em relação ao período de 2014 a 2018. 

E a nossa vizinha Argentina aparece na sétima posição entre os 10 maiores consumidores de vinho do mundo, com consumo de 112.8 milhões de 9L em 2014 e de 110.5  milhões de 9L em 2018:

top-10-consuming-countries
Fonte: Good Food Revolution

 

Nada mau, Hermanos!

O cenário mudou bastante em relação ao ano de 2013, no qual a França aparecia com o maior país consumidor de vinho (em volume), seguida de perto pela Itália, pelos Estados Unidos da América (que vinha então na terceira posição), pela Alemanha e pela China (que ocupava a quinta posição), seguida de perto pela Espanha:

major-wines-consumers
Fonte: Slide Share

O Chile não aparece em nenhuma dessas estatísticas, mas outras fontes revelam que, ao contrário o que costumamos ouvir e pensar por aqui, aquele país tem um consumo relativamente pequeno, consumindo pouco mais do que consumimos por aqui, no Brasil, e menos do que é consumido na Argentina.

Acho que os chilenos gostam mesmo é de Pisco Sauer!  🙂

Já no gráfico abaixo muda-se o enfoque e apresenta-se uma noção comparativa geral do nível de consumo de vinho por continentes nos anos de 2009, 2013 e por estimativa em 2018, aparecendo a Europa como líder absoluta e isolada, respondendo pelo consumo de mais de 60% de todo o vinho produzido no mundo, seguida pela América e Ásia:

Consummmmmmmmmmmm.png
Fonte: Good Food Revolution
Anúncios